segunda-feira, março 22

FlashFoward... way better than Lost!

Que Lost que nada. O negócio é FlashFoward. A maioria de vocês já devem ter visto, certamente, mas ainda assim, acredito que vale a pena fazer uma resenha desse seriado maravilhoso que a AXN exibe.

FlashForward é uma série de ficção científica do canal estadunidense ABC, baseada em um romance original do Canadá escrito por Robert J. Sawyer. Com o final de Lost em 2010, os estudios da ABC esperam que seja o grande seriado que irá de fato prender as pessoas.

A História

Um misterioso evento global faz com que todos ao redor do mundo desmaiem simultaneamente por 2 minutos e 17 segundos e cada pessoa enxerga um relance das suas vidas seis meses no futuro a partir daquele momento. Quando todos acordam ficam surpresos com o que aconteceu. Estes "flashforwards" duraram somente dois minutos, mas quando aconteceram muitos morreram em acidentes envolvendo veiculos, aviões, e outros dispositivos que necessitavam de controle humano.

Um agente do FBI que reside em Los Angeles, Mark Benford (interpretado por Joseph Fiennes) tenta descobrir o que exatamente aconteceu e por que aconteceu. Ele cria um banco de dados interpretando os flashforwards das pessoas ao redor do mundo tentando resolver esse misterio.

Para entender melhor, acesse o site deles.

Abaixo, algumas cenas para apaixonar:

http://www.youtube.com/watch?v=2UH6VAN-O84

http://www.youtube.com/watch?v=25kXHgWg938

2 comentários:

ALIMAC disse...

Interessante, vou pesquisar.

Ministério da saúde disse...

Caro blogueiro,

A vacina contra Influenza H1N1, vírus que já matou 1.632 brasileiros, está disponível nos postos de saúde pública de todo o Brasil para pessoas com maior risco de desenvolver a forma grave da doença. A vacina foi testada, é segura e já foi utilizada por mais de 300 países do Hemisfério Norte. Sábado, 24, começa mais uma etapa da campanha, voltada agora para a vacinação de idosos com doenças crônicas. No entanto, a população das outras etapas - jovens de 20 a 29 anos, grávidas, crianças maiores de 6 meses a menores de 2 anos e doentes crônicos com menos de 60 anos - ainda podem procurar os postos para se vacinar.


Por isso, é muito importante contar com a sua colaboração! Você pode ajudar por meio de materiais que disponibilizamos especialmente para blogs.

Para mais informações sobre como se tornar um parceiro, escreva para fernanda.scavacini@saude.gov.br

Atenciosamente,
Ministério da Saúde